Bond, James Bond

Por André Sobreiro

A estréia do próximo dia sete de Quantum of Solace é a coroação do Blond Bond, Daniel Craig. O caminho para o loirão, no entanto, não foi nada simples. Com antecessores como Sean Connery, George Lazenby (Quem? O Bond mais desconhecido ever!), Roger Moore, Timothy Dalton e Pierce Brosnan, Craig teve que provar que sua versão, cheia de socos, pontapés e – a heresia das hererias – roupa amassada, poderia sim cativar o público.

O agente, fã de martinis e de belas mulheres nasceu da mente do escritor inglês Ian Fleming em 1953. mas foi nove anos depois, em 1962, que o eterno Bond – e sem sombra de dúvidas o melhor deles – Sean Connery ganhou a fama mundial. 007 contra o Satânico Dr. No é, até hoje a grande referência para os fãs. A grande cena desse filme, aliás, é mundialmente vista até hoje. Ursula Andress, na pele de Hornny Ryder, sai das águas de biquíni e cinturão com uma faca, para encanto do agente. A cena foi tão marcante que, em 2002, a Bond Gilr Jynx, de Halle Berry repetiu a saída do mar em 007 Die Another Day.

As mulheres, aliás, são as grandes atrações desses filmes. As chamadas Bond Girls costumam ser mulheres fortes, mas que não resistem a pegada do bonitão. Grandes nomes já tiveram a honra de experimentar esse outro talento do britânico como Ursula Andress, Halle Berry, Kim Basinger, Teri Hatcher – sim a Lois Lane e depois Desperate Housewives – Michelle Yeoh, Eva Green e a mais recente Olga Kurylenko.

Para aqueles que não abrem mão, no entanto desses belos homens, a diversão é garantida. Sean Connery, galã de todas as épocas, sustentou por vários anos o título de espião mais charmoso de todos os tempos. Seus sucessores até seguraram o posto com grande talento, mas foi já nos anos 90 que Pierce Brosnan deixou platéias de todo o mundo de queixo caído com seu ar viril e charme maduro. Ele até pode não ser o mais talentoso dos Bonds, mas sem dúvida alguma seu charme levou muita gente pro cinema.

E por fim, o loiro. Sim, loiro. A polêmica já começou daí. Um James Bond loiro e nem tão alto assim (apenas 1,75m) tinha sido escolhido. Craig nem tão conhecido do grande público foi duramente criticado. Em Cassino Royale, que leva a história do agente para seu início, sobra porrada, suor e muita testosterona. A fórmula, bastante arriscada, agradou. Tanto que garantiu sobrevida ao gostosão, agora com o personagem mais contido e mais uma continuação garantida.

Anúncios

6 Comentários

Arquivado em Cinema

6 Respostas para “Bond, James Bond

  1. erica chaves

    adorei!! só assim pra eu conhecer mais sobre a história do cinema. ADOORO seus textos, pops. e o que é “seu ar viril e charme maduro” ou “porrada, suor e muita testosterona”??? Isso sim é um texto com tesao! hahaha
    posso fazer uma sugestao, dica, pedido? seria legal colocar o link de onde se pode baixar grátis os filmes citados. Bom, ia facilitar a minha vida, pq dá mó vontade de ver os filmes que vc cita.
    beijao!

  2. Marô

    A Erica tem razão popo!
    sensacional!!

    alias adorei a versao Alemã do James Bond!!

    beijos

  3. Oi André!

    Bom, como uma defensora da máxima “007 é o Sean Connery”, tomei um susto danado com o Bond de Craig.
    O filme é até legal, mas falta alguma coisa do espião britânico.
    E, pelo o que eu vi no trailer, não tem nada de comedido nesse continuação…

    Beijocas

  4. é… acho q foi-se o tempo em q o MI-6 sustentava espiões classudos e que usavam chapéu.

    parece q, agora, a nova onda de “espiões” tá mais pra vin diesel do q sean connery…

    ps: george lazenby! o mais tosco… ainda que o único que se casa… sim! james bond se casa!! vc não sabia? em 69, num bizarro “on her majesty’s secret service”. é ver para crer!

  5. Van Graziato

    Ah eu não li o post td…
    tô aqui só matando o tempo até das 18h mesmo…
    mas tenho um comentário pentelho: o Daniel Graig não tem nenhum sucessor, ele É sucessor de todos os q vc citou…
    Parei de ler na terceira linha para vir cornetar isso…
    Bjoooo

  6. André Sobreiro

    Pronto! Falha corrigida.. voltamos com nossa programação normal!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s